quarta-feira, 12 de abril de 2017

"CHAFURDANDO"

Sem trabalhar são bem remunerados,
não haverá no mundo outra pior praga,
no Parlamento deputadas e deputados
chafurdando o juízo de quem trabalha!

Sem alegria há gente também,
sofrendo sem vontade de sorrir
falar quem vergonha não tem
vim eu ao mundo para ouvir!

Não descobrem, os cientistas,
o remédio, adequado, para a cura
são mais que muitos os oportunistas
que vivem à conta da escravatura!

Bombardeiam povoações,
matam crianças inocentes
apoderam-se dos milhões
no mundo vivem contentes!
(Edumanes)

7 comentários:

  1. Podes chamar-lhes cagalhão, estupor, estafermo ou sacana
    Eu que sou mestre em línguas prefiro dizer "stronzo"
    Tu fazes versos numa língua que parece alentejana
    Tal e qual como o fazia o nosso querido Zeca Afonso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa ai do stronzo,
      está, mesmo, bacana
      gritava o caracol zonzo
      nas garras duma bichana!

      Eliminar
  2. Meu caro amigo poeta alentejano, essa gente é um vírus maléfico. Um abraço da qui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  3. Coitados dos que não vivem nas grandes potências mundiais. Os senhores Daguerre estão felizes e as suas populações tb
    Kis ,:=}

    ResponderEliminar
  4. Dá-lhes fogo, que ainda mexem! Gente que mata crianças para encher a pança, ou para encher o seu cofre com a venda de armas, não merece viver!
    Feliz Páscoa amigo poeta.

    ResponderEliminar
  5. Boa semana, amigo Eduardo!

    Sempre bom ler seus textos lindamente poéticos, embora o tema seja sobre sujeiras...

    Beijos =)

    ResponderEliminar